Ronaldo nega queixa de fraude fiscal

  |   Football

Os representantes de Cristiano Ronaldo negaram fortemente uma acusação de que o Real Madrid avivou os ganhos e defraudou as autoridades tributárias espanholas em 14,7 milhões de euros.

Anteriormente, na terça-feira, os promotores de Madri apresentaram uma queixa a um tribunal de Pozuelo de Alarcón que acusou o quatro vezes o Ballon d'Or de obter uma violação "voluntária" e "consciente" de suas obrigações tributárias.

A queixa sugeriu que Ronaldo criou uma "estrutura de negócios" em 2010 para ocultar ganhos de direitos de imagem entre 2011 e 2014.

No entanto, a Gestifute - a empresa de propriedade do agente de 32 anos, Jorge Mendes - emitiu uma declaração detalhando os acordos de seus clientes em relação aos direitos de imagem e insistiu: "nunca houve ocultação ou a menor intenção de ocultar".

Gestifute disse que a empresa, Tollin, não equivale a uma estrutura offshore para evadir impostos e foi criada em 2004, quando Ronaldo assinou para o Manchester United.

📲 Get Football on Whatsapp 💬