Mourinho teve discussão forte com brasileiro e ambos precisaram ser contidos, afirma jornal inglês

  |   Football

O clássico de Manchester foi movimentado dentro de campo, com a vitória do City por 2 a 1, mas não foi só dentro das quatro linhas que o jogo foi disputado. Após a partida, nos túneis do vestiário, houve discussão entre membros dos dois times. De acordo com informações do jornal Daily Mail, o técnico do United, José Mourinho, não gostou da vibração dos atletas rivais após o triunfo. Considerando a comemoração exagerada e desrespeitosa, o comandante foi tirar satisfações.

O goleiro brasileiro Ederson, um dos destaques da vitória, não gostou do comportamento do treinador rival e começou uma discussão, com os dois se ofendendo na língua portuguesa. A briga precisou ser contida para não ficar pior.

Além da briga nos vestiários, Mourinho também foi enfático na entrevista coletiva após o revés. Além de reclamar de pênalti em Ander Herrera, em lance no qual a arbitragem mandou seguir, o português cutucou o City. “Não sei dizer se o campeonato acabou, mas o City está jogando bem, possui um grande time. Além de estarem sendo protegidos pela sorte e pelas decisões ao seu favor, o que faz as esperanças diminuírem”, afirmou o treinador.

Leia a matéria completa: http://v.duta.us/t9RJrQAA

📲 Get LIVE Football & Football News on Whatsapp 💬