Emílio anuncia que familiares não ocuparão mais presidência da Odebrecht

  |   Brazil News

Cerca de uma semana antes de o empresário Marcelo Odebrecht deixar a prisão, seu pai, Emílio, anunciou hoje que os membros da família não vão mais ocupar o cargo de presidente da empresa.

O diretor-presidente será escolhido pelo presidente do conselho de administração dentre os diretores da Odebrecht e deve ter no máximo 65 anos. O acordo firmado com a Justiça já previa que Marcelo, que passou dois anos e meio atrás das grades devido a crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa, permaneceria afastado da gestão do grupo. Ele ficará em prisão domiciliar.

A família passa a ser representada na empresa, portanto, pelo presidente do conselho de administração.

Também no comunicado, o empresário afirmou que a Odebrecht vai continuar trabalhando para que as empresas do grupo atraiam novos sócios e suas ações venham a ser negociadas na Bolsa.

📲 Get Brazil News on Whatsapp 💬