ÚLTIMAS NOTÍCIAS: Polícia culpa programa de venda de ingressos do Flamengo pela violência na final da Copa Sul-Americana

  |   Brazil News / Football

O Comando de Policiamento de Estádios culpou o programa de venda de ingressos do Flamengo pela pancadaria na noite de ontem, antes e depois da final da Copa Sul-Americana.

A barbárie começou antes mesmo do jogo e tinha sido combinada, até com hora certa, nas redes sociais. Torcedores do Flamengo trocaram mensagens marcando a invasão do Maracanã e assim aconteceu. Centenas de flamenguistas, sem ingresso, forçaram portões, pularam grades e forçaram roletas. A Polícia Militar montada reagiu.

Do lado de fora, correria e pânico. entre as cenas de violência, flamenguistas agrediram a socos um argentino e jogaram objetos no ônibus que trouxe a equipe do Independiente.

Um grupo arremessou uma lata de lixo e garrafas de vidro contra policiais que isolavam um dos acessos ao estádio. Os PMs reagiram com sprays de pimenta, balas de borracha e bombas de efeito moral. Depois da partida, e do título do Independiente, houve novas e lamentáveis cenas de selvageria marcando o vice- campeonato do Flamengo.

A reportagem do Jornal Hoje, da Rede Globo, questionou a Polícia Militar por que não foi possível impedir as cenas de selvageria. Em nota, a Polícia Militar disse atuou com 650 policiais dentro e fora do estádio. Por telefone, o comandante do grupo do Grupamento de Policiamento em Estádios (GEPE) disse que o esquema de venda de ingressos do Flamengo dificultou o policiamento.

O Flamengo informou que vai se posicionar ao longo do dia. Segundo a PM do Rio, 16 pessoas foram detidas em diferentes situações, incluindo um homem com dez explosivos. A Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) vai abrir um processo disciplinar e é possível que o Flamengo seja punido.

Leia a matéria completa e veja o vídeo com cenas da violência antes e depois do jogo no Maracanã: http://v.duta.us/wWFoNAAA

📲 Get LIVE Football & Football News on Whatsapp 💬