Em livro, Michelle Obama critica Trump e descarta concorrer à Presidência dos EUA

  |   Entretenimento

Michelle Obama não se deslumbra com os anos de anfitriã da Casa Branca. A ex-primeira-dama lançou um livro de memórias nesta terça-feira em que, entre revelações e análises da vida política e social dos Estados Unidos, descarta de uma vez por todas concorrer à Presidência. Com a eleição de Donald Trump em 2016, o nome da advogada que acompanhou o marido, Barack Obama, em oito anos de governo ganhou força para 2020.

Uma pesquisa recente da companhia SurveyMonkey estima que Michelle teria vantagem de 13 pontos sobre o atual presidente nas intenções de voto se a eleição fosse hoje. Na obra, intitulada "Becoming" (Tornando-me, em tradução livre), já traduzida para 31 idiomas, a ex-primeira-dama de 54 anos destaca que "nunca foi fã" da política e ressalta, logo no epílogo, que não quer se lançar a Washington.

"Porque me fazem essa pergunta frequentemente, eu digo muito claramente: não tenho qualquer intenção de me candidatar um dia à Presidência. Nunca fui fã da política, e a minha experiência dos últimos dez anos fez pouco para mudar isso", escreveu a democrata.

Páginas do livro foram publicadas nesta terça-feira pelo diário "Le Monde". Na obra, a ex-primeira-dama relembra os problemas com a fertilidade, que a causaram um aborto espontâneo e a necessidade de recorrer à fertilização in vitro para ter as duas filhas.

Em trecho do livro, ela destaca que as notícias atuais dos EUA "embrulham o estômago", enquanto o legado do marido parece vulnerável às políticas nacionalistas de Trump.

"Tem sido difícil observar políticas políticas cuidadosamente construídas serem desmontadas, enquanto alienamos alguns dos nossos aliados mais próximos e deixamos vulneráveis membros da nossa sociedade desumanizados. Eu às vezes me pergunto onde é o fundo do poço."

"Becoming" é parte de uma obra conjunta com o marido, cujas memórias devem ser publicadas no próximo ano.

Leia a matéria completa: http://v.duta.us/8E3j6gAA

📲 Get Entretenimento on Whatsapp 💬