'Football Leaks': Uefa admite reabrir casos de fair-play financeiro

  |   Football

A Uefa admitiu que pode reabrir casos de fair-play financeiro, no contexto das revelações feitas pelo "Football Leaks". "Se novas informações sugerirem que casos anteriores não foram corretamente tratados, estes poderão ser reabertos", escreveu a entidade, em comunicado enviado à agência "France-Press".

A Uefa revelou que faz "todos os anos uma avaliação de todos os clubes quanto às exigências do fair-play financeiro em termos de equilíbrio econômico", e que, "se novas informações relacionadas com essas avaliações forem reveladas, vai utilizá-las para as confrontar com os valores", exigindo "explicações, esclarecimentos ou desmentidos por parte dos clubes envolvidos".

As regras de fair-play financeiro pretendiam evitar que os clubes gastem mais do que aquilo que podem gerar pelos próprios meios, num limite de 30 milhões de euros de déficit em três anos. Documentos divulgados pelo "Football Leaks" apontam que alguns clubes, como Manchester City e Paris Saint-Germain, têm tentado contornar essas regras.

Leia a matéria completa: http://v.duta.us/p1cLCAAA

📲 Get Football on Whatsapp 💬