TSE aponta indícios de irregularidades em prestação de contas da campanha de Bolsonaro

  |   Brazil News

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) apontou indícios de irregularidades na prestação de contas da campanha do presidente eleito Jair Bolsonaro e deu prazo de três dias para a equipe do ganhador da eleição presidencial encaminhar uma complementação e esclarecimentos, de acordo com despacho da corte publicado na noite de ontem.

São apontadas como irregularidades na prestação de contas indícios de doação de fonte vedada, indícios de recursos de origem não identificada e ausência de informação de gastos eleitorais na prestação de contas parcial, entre outras.

O TSE também apontou ausência de contrato de prestação de serviços de financiamento coletivo e descumprimento de prazo para entrega do relatório financeiro.

A advogada Karina Kufa, da defesa de Bolsonaro junto ao TSE, disse que os indícios apontados pelo tribunal são "detalhes técnicos", e que a defesa apresentará respostas para todos os apontamentos. "Não há nada que nos preocupe", disse a advogada à "Reuters".

Leia a matéria completa: http://v.duta.us/rNGPVwAA

📲 Get Brasil News on Whatsapp 💬