Bruno Henrique, do Palmeiras, é suspenso por um ano na Itália por uso de passaporte falso

  |   Football

O volante Bruno Henrique, do Palmeiras, foi suspenso nesta quinta-feira por um ano pela FIGC (Federação Italiana de Futebol), segundo divulgou a organização em comunicado.

A punição ocorre pelo fato do meio-campista ter atuado com um passaporte italiano falso enquanto jogava pelo Palermo, clube que defendeu entre 2016 e 2017, após ser vendido pelo Corinthians.

Bruno foi contratado pelo "Verdão" em junho de 2017, por 3,5 milhões de euros (à época, cerca de R$ 13 milhões). Ele tem vínculo com o clube alviverde até 2021.

O Palmeiras informou que ainda não foi notificado sobre o caso e também não disse se o gancho imposto pela FIGC é válido também no Brasil.

Segundo o advogado João Henrique Chiminazzo, especialista em direito esportivo, se a punição foi feita por uma entidade esportiva, caso da Federação Italiana, a suspensão também será válida para outros países.

Em abril de 2017, a polícia italiana começou a desarmar um esquema de fabricação de passaportes europeus através de propinas que existia na cidade de Castello di Cisterna, perto de Nápoles. No processo, em que aparecem mais de 300 pessoas, figuram vários jogadores de futebol e futsal brasileiros, entre eles Bruno Henrique.

Leia a matéria completa: http://v.duta.us/Sk-OjgAA

📲 Get Football on Whatsapp 💬