Juiz substitui prisão domiciliar de Adriana Ancelmo, mulher do ex-governador do Rio Sérgio Cabral, por tornozeleira eletrônica

  |   Brazil News

O juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Criminal Federal do Rio de Janeiro, atendeu a um pedido do Ministério Público Federal e substituiu a prisão domiciliar de Adriana Ancelmo, esposa do ex-governador Sérgio Cabral (MDB), pelo uso de tornozeleira eletrônica e recolhimento domiciliar aos finais de semana.

Dessa forma, Adriana Ancelmo , pode deixar sua residência durante a semana, desde que esteja usando a tornozeleira eletrônica, inclusive para trabalhar. Contudo, ela deve estar em casa entre às 20h e 6h.

Desde dezembro do ano passado ela está em casa, por decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes, cumprindo prisão.

Segundo as investigações, Cabral utilizava o escritório de advocacia da esposa para lavar dinheiro de propinas. Ela também é acusada de 'branquear ativos' na compra de joias. Ancelmo nega as acusações.

Leia a matéria completa: http://v.duta.us/JShbqwAA

📲 Get Brasil News on Whatsapp 💬