Congresso cede à pressão e libera reajuste para servidores em 2019

  |   Brazil News

Após pressão de parlamentares e de associações de servidores, o Congresso mudou de última hora o projeto da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) e decidiu que funcionários públicos poderão ter aumento de salário no ano que vem. O veto aos reajustes foi rejeitado por 209 votos a 45 na Câmara (houve três abstenções) e em votação simbólica no Senado. A criação de novos cargos também foi liberada.

As restrições eram defendidas pela área econômica do governo para evitar aumento de despesas e piora nas contas públicas. A previsão de economia com o adiamento dos reajustes programados para o ano que vem era de cerca de R$ 6 bilhões. Inclusos os militares, subiria para R$ 11 bilhões.

Porém, o veto aos reajustes enfrentou resistência de congressistas, inclusive da base aliada (entre eles, o líder do governo no Senado, Romero Jucá), que temiam aprovar uma medida impopular em ano de eleição.

Leia a matéria completa: http://v.duta.us/lltPCAAA

📲 Get Brazil News on Whatsapp 💬