Suspeito de atacar e atear fogo em porteiro no RJ se entrega à polícia

  |   Brazil News

Marcelo Cavalcanti Gomes, suspeito de atacar e atear fogo no porteiro Jefferson Quintanilha, de 23 anos, se entregou à polícia no fim da noite de ontem. Ele está preso na 110ª DP, em Teresópolis, na Região Serrana do Rio. Segundo a Polícia Civil, Marcelo confessou o crime.

O delegado responsável pelo caso, Leandro Aquino, afirmou que a motivação do crime foi "ciúme excessivo". "Ele acreditou que a vítima, o Jefferson, estaria tendo um caso com a companheira dele e que esse caso teria se consumado dentro da casa que ele vivia com ela", afirmou.

O suspeito vai responder pelos crimes de tentativa de homicídio qualificado e crime de incêndio, de acordo com o delegado. A pena pode chegar a mais de 40 anos de prisão.

Marcelo Gomes estava foragido e teve a prisão preventiva decretada pela Justiça também ontem. O crime aconteceu na última terça, no conjunto habitacional Fazenda Hermitage, em Teresópolis.

A mãe de Jefferson está no Rio, mas o hospital não permite acompanhantes. "Ele continua sedado e entubado por causa da gravidade das queimaduras", informou a irmã.

A irmã da vítima informou que Jefferson continua sedado e entubado por causa da gravidade das queimaduras.

Leia a matéria completa: http://v.duta.us/OSgwJQAA

📲 Get LIVE Football & Football News on Whatsapp 💬