Gilmar Mendes manda soltar Milton Lyra, suposto operador do MDB

  |   Brazil News

ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, mandou nesta terça-feira (15) soltar Milton Lyra, suposto operador do MDB no Senado ( leia detalhes sobre a decisão mais abaixo ).

Pela decisão do ministro, Milton Lyra está proibido de manter contato com os demais investigados, proibido de deixar o país sem autorização da Justiça e deve entregar o passaporte em até 48 horas.

Milton Lyra se entregou à Polícia Federal em 12 de abril, após ter a prisão decretada pelo juiz Marcelo Bretas, da Justiça Federal do Rio de Janeiro.

A prisão havia sido determinada no âmbito da Operação Rizoma, que investiga prejuízos no Postalis, fundo de pensão dos funcionários nos Correios.

Citado em delações premiadas devido à relação com políticos do MDB, Lyra é suspeito de envolvimento no esquema que desviou recursos do fundo.

Leia a matéria completa: http://v.duta.us/d2euTQAA