Grêmio se compadece com crise, tira lição de vida e faz doações na Venezuela

  |   Football

A crise humanitária vivida pelo povo venezuelano atingiu em cheio a delegação do Grêmio em Maturín. A passagem de pouco mais de três dias pela Venezuela comoveu desde jogadores até funcionários do clube gaúcho, que se organizaram para doar mantimentos e dinheiro.

As condições precárias de vida da população deixaram marcas mais difíceis de serem superadas do que o Monagas, batido por 2 a 1, ontem, com um pênalti assinalado aos 51 minutos da etapa final.

O grupo de jogadores gremista se compadeceu da crise vivida no país, com inflação de mais de 8.800% em 2018 e prateleiras desertas. Em iniciativa do goleiro Marcelo Grohe, houve uma organização e doação em dinheiro para os funcionários do hotel que serviu de concentração para o Tricolor em Maturín. Foram arrecadados cerca de US$ 360.

A iniciativa não partiu apenas dos jogadores. Profissionais da equipe de apoio do Grêmio, como massagistas, cinegrafistas e roupeiros, também se reuniram para ajudar na medida do possível. Todo o excedente do material levado para Maturín, como mantimentos e produtos de higiene, sempre calculado a mais, foi doado para os funcionários do hotel. A população da cidade faz filas em supermercados e farmácias em busca de produtos de primeira necessidade, o que sensibilizou o clube.

Leia a matéria completa: http://v.duta.us/vff_rQAA

📲 Get LIVE Football & Football News on Whatsapp 💬