Segurança envolvido na morte de rapaz em mercado na Barra responderá em liberdade

  |   Brazil News

O segurança Davi Ricardo Moreira, preso por suspeita de ter matado com uma "gravata" o jovem Pedro Gonzaga, de 19 anos, numa filial do supermercado Extra, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, deixou a Delegacia de Homicídios (DH) da Capital na madrugada desta sexta-feira. A informação é do advogado dele, André França Barreto. A libertação ocorreu mediante pagamento de fiança. Davi foi indiciado por homicídio culposo (quando não há intenção de matar).

A ação aconteceu no início da tarde de ontem. De acordo com o Corpo de Bombeiros, Pedro chegou a ser levado com uma parada cardiorrespiratória para o Coordenação de Emergência Regional (CER) da Barra, mas morreu na unidade. André França conta que, de acordo com a versão de Davi, o rapaz parecia "alterado", simulou uma convulsão e, depois, um desmaio.

Ainda de acordo com o advogado, Davi teria despertado da simulação, agridido o segurança e entrado em luta corporal. Ele teria conseguido retirar do coldre a arma do segurança, levantado e começado a ameaçar esse segurança.

Já um vídeo que circula nas redes sociais mostra o momento em que o segurança dá a "gravata" no rapaz. Na cena, em que ele aparentemente está desacordado, algumas testemunhas chegaram alertar os seguranças: "está sufocando ele", disse uma delas. "Ele está roxo", falou outra.

Leia a matéria completa: http://v.duta.us/x1dZ_wAA

📲 Get Brasil News on Whatsapp 💬